Publicado por coaxo do sapo

Ver todos os posts de coaxo do sapo

DVD Intimidade – Guilherme Arantes

Publicado em: BLOG | 2 Comentários | Publicado em por coaxo do sapo

Produzido pela Som Livre, para um programa do Canal Brasil, o DVD Intimidade registrou pela primeira vez em vídeo todo os grande sucessos de Guilherme na Coaxo do Sapo. Gravado durante um dia somente, com uma pequena platéia de amigos e parentes, o cantor cantou também musicas do novo disco, Lótus.

Ficha Técnica:
Produzido por Luiz Carlos “Meu Bom”. Direção de DVD: Darcy Bürger
Gravado no Estúdio Coaxo do Sapo (Bahia) por: Alberto Vaz e Pedro Arantes
Assistente de Gravação: Everaldo Andrade
Mixado no Estúdio Som Livre por Alberto Vaz
Masterizado na Cia. dos Técnicos por: Ricardo Essucy (Menudo)

Músicos Participantes:
Voz, piano Steinway, piano Wurlitzer e piano Fender – Guilherme Arantes
Bateria nas faixas “O melhor vai começar”, “Coisas do Brasil” e “Deixa Chover” – Fausto Baptista
Bateria na faixa “Blue Moon Para Sempre” – Guimo Migoya
Percussão nas faixas “Cheia de Charme”, “Planeta Água”, “Marina no Ar”, “Todo Mês de Maio na Maior” e “Salvador, Primavera e Outono” – Lelo Papã.
Baixo nas faixas “O Melhor Vai Começar”, “Coisas do Brasil”, “Deixa Chover”, “Cheia de Charme”, “Planeta Água”, “Marina no Ar”, “Todo Mês de Maio na Maior”, “Sob o Efeito de Um Olhar” e “Amanhã” – Décio Crispim
Baixo Acústico na faixa “Verão de 59″ – Ldson Galter
Violão nas faixas “O Melhor Vai Começar”, “Coisas do Brasil”, “Deixa Chover”, “Planeta Água”, “Marina no Ar”, “Todo Mês de Maio na Maior”, “Sob o Efeito de Um Olhar”, “Amanhã”, “Fã Número 1″, “Êxtase”, “Lindo Balão Azul” e “Blue Moon Para Sempre”; guitarra na faixa “Salvador, Primavera e Outono” – Alexandre Blanc

Compre o DVD na Saraiva.com.br.

Confira abaixo uma das músicas do DVD Intimidade de Guilherme Arantes.

Conheça também o álbum Lótus de Guilherme Arantes, neste link
e o clipe da música “Salvador, primavera e outono”, neste link.

COMENTÁRIOS

Total: 2 Comentários

  • Pingback: LÓTUS | Coaxo do Sapo

  • Pingback: Guilherme Arantes – Salvador, primavera e outono | Coaxo do Sapo

  • COMENTAR